PRÓXIMOS EVENTOS

20 Jul.

O São Tomé de

...

siga-nos no facebook

Siga-nos no Instagram

Santo António de Pádua

Igreja de Santo António dos Olivais, Coimbra Igreja de Santo António dos Olivais, Coimbra


É conhecido como o santo casamenteiro e das causas perdidas, e a ele são atribuídos os milagres mais insólitos. O seu milagre mais famoso é talvez o "Milagre dos Peixes", no qual consegue captar a atenção de peixes para ouvirem a palavra divina. A famosa expressão “tirar o pai da forca” deriva também de um dos seus milagres.

Crê-se que Fernando Martins Bulhões terá nascido em Lisboa, em 1191. Na adolescência ingressa no Mosteiro de S. Vicente de Fora, em Lisboa, mas acaba por pedir transferência para o Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra, onde, alguns anos mais tarde, recebe as relíquias dos Cinco Mártires de Marrocos. Depois deste evento, decide juntar-se aos frades do Eremitério de Santo Antão dos Olivais, tomando os votos da Ordem de S. Francisco. Em homenagem a Santo Antão (do latim, Antonius), Fernando Martins Bulhões opta por mudar o seu nome para António.

No ano de 1220, parte para o Norte de África em missão evangélica mas acaba por adoecer e, no regresso a Portugal, uma tempestade arrasta a sua embarcação para Itália. Aí, acabaria por desempenhar cargos importantes e desenvolver os seus dotes eloquentes e retóricos. Estabeleceu-se em Pádua, e faleceu a 13 de Junho de 1231. Por este motivo, o 13 de Junho passaria a ser assinalado como "Dia de Santo António", dia em que se celebra por todo o país as festas populares em honra daquele que é provavelmente o mais internacional santo português.

 

Deixe um comentário

Pesquisar

Atividade no Facebook