PRÓXIMOS EVENTOS

7Jun.
10Jun.
Dom. 10/06 - Sáb. 30/06
Festas da Cidade da Figueira da Foz
21Jun.
Qui. 21/06 - Seg. 25/06
São João, Lousã 2018

siga-nos no facebook

Siga-nos no Instagram

Newsletter

Percurso por Campos do Pranto - Vinha da Rainha


Já há algum tempo que se impunha um percurso em Soure, mas sempre fomos adiando devido ao facto de não estarem marcados e ser uma zona quase desconhecida para nós. Solicitámos a colaboração da Câmara Municipal de Soure e da Associação de Defesa do Património Cultural e Natural de Soure que nos responderam com muita prontidão e nos enviaram diversos folhetos, o que publicamente queremos agradecer, pois o material enviado foi uma mais valia para o sucesso deste nosso percurso.

A zona não era muito conhecida o que nos levantou algumas dúvidas no caminho a seguir, mais uma vez voltou a exclamação: “Temos que comprar um GPS”… mas quando tudo é muito fácil, perde o encanto… por isso, após uma inversão de marcha lá estávamos nós no centro de Vinha da Rainha, junto à Junta de Freguesia e ao Centro de Saúde.

Optámos por iniciar o percurso junto ao Parque de Merendas, visto ser nossa intenção efetuar o Percurso A e o Percurso B de 6kms e 10kms e este seria o local ideal para o fazer.

Logo que iniciámos o percurso e virámos em direcção aos campos, onde o arroz já começava a espreitar, tivemos a sorte de observar uma aeronave que procedia à aplicação de químicos para a monda do arroz.

Junto ao rio Pranto, que faz a divisão entre o concelho de Soure com o da Figueira da Foz, virámos à esquerda seguindo a sua margem. Observando as aves em busca de lagostins e pequenos peixes, por entre um colorido caminho de flores silvestres chegámos à Quinta do Seminário.

Subimos em direcção a Porto Godinho, para logo a seguir descermos por um caminho à esquerda e com os arrozais de um lado e os terrenos agrícolas do outro chegámos à estrada de alcatrão onde iniciámos o Percurso B, virando à esquerda na placa que diz Pedrógão do Pranto, seguindo em direcção às Termas da Azenha e às Termas do Bicanho. Após a passagem das termas do Bicanho, atravessámos a passagem de nível e voltámos a entrar no campo junto ao apeadeiro, para seguirmos ao longo da linha do caminho de ferro. Afastámo-nos um pouco do caminho de ferro de encontro ao Rio Pranto para de seguida atravessarmos de novo a linha e pelo caminho do campo regressar-mos à rotunda junto ao parque de merendas.

Foi um percurso de dificuldade baixa, pois todo ele é feito por caminhos agrícolas ou por estrada alcatroada, talvez seja melhor evitar fazê-lo em dias de muito calor, tendo em conta a quase inexistência de sombras.

Brevemente voltaremos ao concelho de Soure para efectuarmos o percurso que nos leva da Vila até à Capela de S. Mateus que será sem duvida tão interessante quanto este.

 

                           

 

Texto e Imagem:

Nenuco e Pastelita

"Somos dois funcionários públicos, unidos através das novas tecnologias, em que a paixão pela natureza e a vontade de conhecer novos lugares tem sido o elo mais forte na nossa consolidação.

A nossa principal ocupação de tempos livres é essencialmente caminhar pelos cantinhos mais desconhecidos do nosso país. Sempre que possível gostamos de partir para outras paragens sempre de máquina fotográfica em acção, pronta a disparar.

Para testemunhar estes momentos, criámos o blog http://nenucopastelita-papatrilhos.blogspot.pt/ onde tentamos narrar as aventuras de Nenuco e Pastelita, partilhando com o publico estes lugares fantásticos de Portugal e alguns de Espanha que vamos conhecendo e que achamos simplesmente fantásticos."

 

Ler 1270 vezes

Deixe um comentário

Pesquisar

Atividade no Facebook