segunda, 04 janeiro 2016 11:39

Há uma Mata que está a mexer…

Fonte Fria, Mata Nacional do Bussaco Fonte Fria, Mata Nacional do Bussaco

 

Bussaco é Palco: Ontem e Hoje

A partir de hoje (dia 4) e até 6 de fevereiro, a Mata Nacional do Bussaco, bem como a Curia, receberão as gravações do filme “E atrás de mim uma gaiola vazia” (Et derrière moi une cage vide), interpretado pelo famoso ator franco-russo Gérard Depardieu (na pele do ditador Josef Estaline), e realizado pela também atriz, Fanny Ardant. O elenco conta ainda com Emanuelle Seignier, Alexis Maretti, François Challot, Xavier Maly, Tudor Istodor, Luna Piccoli-Truffaut e Paul Hamy.
A longa-metragem, baseada no livro “Le divan de Staline” de Jean-Daniel Baltassat, é uma co-produção luso-francesa, que conta com o conceituado realizador Paulo Branco, pela Leopardo Filmes e Alfama Filmes.
A produtora encontra-se a recrutar figurantes, do sexo masculino, com até 35 anos de idade e cabelo curto (candidaturas para o email figuracaostalin@gmail.com).

 

2016: O Ano da Mata

Após a estreia do filme, a Fundação Mata do Bussaco (FMB) aguarda com expectativa o aumento de turistas no seu espaço, um impulso vital para uma entidade que sobrevive sem apoios estatais e que procura valorizar o seu património de forma a garantir verbas de gestão.
Em 2015, o número de visitantes ultrapassou os 200.000, com uma forte presença de cidadãos israelitas que procuram a Mata por objetivos religiosos: este é o único local no mundo com uma Via-Sacra semelhante à de Jerusalém.
Para além de pretender transpor estes números, em 2016, a Fundação envidará todos os esforços para que a Mata seja reconhecida como
Património Mundial UNESCO e classificada como Monumento Nacional. Neste sentido, a FMB tem efetuado, ao longo dos últimos anos, uma gestão concertada e perspicaz do imenso património histórico, cultural, religoso, militar e natural do Bussaco.
No próximo mês de Maio, aquando do feriado municipal da Mealhada (dia 5), a Mata recuará 200 anos para reviver o momento bélico das Invasões Francesas, um espetáculo noturno protagonizado pela Companhia de Teatro Viv'Arte.

 

Na Senda das Boas Práticas Ambientais

Devido à sua conduta e gestão, a FMB é tida internacionalmente como um exemplo de boas práticas ambientais, e está também na crista da onda em termos de investigação e tecnologia.
Em 2015, recebeu o prémio de “Melhor Projeto de Comunicação em Áreas Naturais Europeias” (Natura 2000 Comunication Award) com o projeto “Bussaco Digital”, atribuído pela Federação Europarc.
A bióloga Milene Matos (investigadora da Universidade de Aveiro), foi também distinguida com o importante “Prémio Terre de Femmes 2015”, da Fundação Yves Rocher, que recompensa a investigação na área do ambiente levada a cabo por mulheres. O projeto “BIO Somos Todos” congrega as componentes educativa e pedagógica, social e ambiental.

 


Contactos:

Fundação Mata do Buçaco
Mata Nacional do Buçaco
3050-261 Luso

gabpresidencia@fmb.pt
+351 231 937 000

Website:
http://www.fmb.pt/v2/pt/

Visitar:
http://www.fmb.pt/v2/pt/visitar/visita-na-hora

Redes Sociais:
https://www.facebook.com/FundacaoMataDoBucaco

Loja Produtos da Mata:
https://www.facebook.com/produtosdamata/

 

 

Deixe um comentário

PRÓXIMOS EVENTOS

siga-nos no facebook

Siga-nos no Instagram

Pesquisar

Atividade no Facebook