PRÓXIMOS EVENTOS

15 Out.
Molduras de uma Tragédia
Seg. 15/10 18:00 - Dom. 21/10

 

Realiza-se na

...

19 Out.
Festival Sabores de Outono | Lousã
Sex. 19/10 - Dom. 28/10

 

Organização:

...

19 Out.

 

O Centro de Artes e

...

20 Out.
Marionetas ao Centro | Lousã
Sáb. 20/10 - Sáb. 27/10

siga-nos no facebook

Siga-nos no Instagram

Aquela Casa grande e vermelha

 

- “Pode dizer-nos onde fica a Casa das Artes?” – perguntámos à senhora idosa que encontrámos na rua.
Silêncio.
- “Sabe, aquela casa grande e vermelho!” – complementámos.
A expressão tensa aliviou-se, os olhos aumentaram e ouvimos um grito feliz por nos ajudar:
- “À direita na rotunda!”.

Foi assim que conseguimos chegar à Casa das Artes de Miranda do Corvo. Um dos pressupostos da sua arquitetura – o reconhecimento imediato do edifício – estava cumprido.

 

 

O “edifício grande e vermelho” corresponde à Casa das Artes de Miranda do Corvo, projetado pelo gabinete FAT – Future Architecture Thinking.

Num total de 1435 m2, este edifício possui sala de espetáculos com capacidade para 266 pessoas (incluindo 4 lugares acessíveis) destinada à realização de eventos de tipologia variada (congressos, seminários, concertos, cinema, festas, teatro, dança); sala/foyer com capacidade para albergar exposições; sala multimédia; núcleo museológico; cafetaria e esplanada; jardim e anfiteatro ao ar livre, e ainda, estacionamento exterior.


 

Na Casa das Artes reúnem-se espetáculos de artistas nacionais e internacionais, como de artistas locais e de concelhos vizinhos, com vista à valorização da cultura e da qualidade de vida dos mirandenses.

Inaugurada em 23 de agosto de 2011 pelo Município de Miranda do Corvo, a Casa das Artes de Miranda do Corvo representou um investimento de cerca de 2,5 milhões de euros, tendo sido financiada em 85% pelo Operacional Regional do Centro 2007-2013, através da medida “Equipamentos para a Coesão”.

O edifício está organizado em três volumes que servem diferentes objetivos: um para o palco, outro para a plateia e o átrio e, por último, um destinado ao café e área musuelógica.

A Alameda das Moitas surgiu como o local ideal para a construção da Casa das Artes: um espaço amplo e arejado, entre o rural e o urbano, a Serra da Lousã e a vila, o verde e o azul. Aqui a Casa das Artes poderia brilhar e magnetizar pelo seu vermelho. Os planos exteriores desafiam a nossa percepção das formas geométricas, numa linguagem contemporânea e eloquente.

Este ícone cultural e arquitectónico apresenta ainda no seu interior um jogo complexo de branco e preto, profundidade, luz e som.


 

Info

Projeto: FAT Future Architecture Thinking
Ano: 2010
Construção: Tecnorém – Engenharia e Construções, S.A.

 

Horário:  
Terça a sexta: 14h-19h 
Sábado e domingo: 15h-19h 
Dias de espetáculo: 1h antes do horário do espetáculo 

 

Contactos: 
Alameda das Moitas 
3220 Miranda do Corvo  
Telefone: 239 533 141
Email: casa.artes@cm-mirandadocorvo.pt 
Facebook:
Website: http://www.cm-mirandadocorvo.pt/pt/menu/168/casa-das-artes.aspx
Facebook: http://www.facebook.com/casadasartesmcv

 

Siga-nos no Facebook

Subscreva a Newsletter

 

Deixe um comentário

Pesquisar

Atividade no Facebook